Piper Meridian: Para quem quer ir mais rápido

Piper Meridian: Para quem quer ir mais rápido

Homologado no Brasil, a partir de 2010, este monomotor a turbo voa alto, rápido, com segurança e oferece baixo custo de operação.

 

A Chamone Aviação está homologada para realizar serviços nas aeronaves Piper Meridian PA-46-500TP e PA-46-600TP.

 

Os anos 2000 se consagraram como um novo tempo do ponto de vista tecnológico. A virada do milênio estimulou uma corrida por inovações nas mais diversas áreas. O setor da aviação, voltado para um exigente e seleto público, não poderia ser diferente.

Desenvolver aeronaves de alta performance passou a ser um grande objetivo das indústrias de aviação Foi nesse cenário que a Piper Aircraft colocou no mercado o PA-46 Meridian. Uma aeronave pressurizada com motor turbo hélice, capaz de atingir rapidamente um nível de voo de 30 mil pés, a uma velocidade de 480, com alcance de até 2.000m.

Até hoje, este modelo apresenta-se como um projeto muito arrojado na sua categoria. Possui seis assentos (2+4) com alto padrão de acabamento, inclusive em sua cabine. Ter um Meridian significa contar com o conforto de grandes aeronaves comerciais em modelos executivos de pequeno porte.

Desenvolvido a partir do Malibu Mirrage, movido a pistão, ele aproveita as melhores características de seu antecessor, como o trem de pouso alto, com amortecedores de longo curso, o que facilita a operação em pistas irregulares das, além do radar meteorológico colorido* que amplia a segurança do voo.

Nos modelos M-500 e M-600, o Meridian foi equipado com sistema eletrônico de instrumentos , controle automático digital de pressurização, além de sistema de controle automático de voo com proteção eletrônica de velocidade.

Esse conjunto de inovações possibilita um alto conforto dentro da aeronave e facilita a compreensão dos dados de voo e alertas situacionais, fazendo deste monomotor um dos mais seguros se comparado aos modelos concorrentes.

Quanto à motorização, conta com um motor Pratt & Whitney PT6A-42A de 500shp (M500) e 600shp (M600). Homologado para diferentes tipos de pistas, este avião é monoturbohélice, ou seja, possui maior flexibilidade operacional e menor valor de manutenção.

Essa característica o torna altamente atraente do ponto de vista do investimento, estabelecendo uma excelente relação entre custo e benefício.

Este modelo recebeu três versões e algumas importantes atualizações que o tornaram ainda mais moderno e eficiente. Uma delas, ocorrida no ano de 2009, foi a inclusão do sistema EFIS Garmin G1000.

 

Meridian em suas distintas versões

Piper PA-46-500TP Malibu Meridian

Inspirado no Piper Malibu Mirage, foi o primeiro modelo mono da Piper Aircraft. Desenvolvido no final dos anos 1990 e lançado em 2000, representou uma grande inovação da marca e ficou popular por ser bastante econômico e fácil de pilotar.

Piper PA-46-500TP Malibu M500

Esta é uma versão mais sofisticada, equipada com aviônicos ADSB e com três equipamentos que ampliam a segurança da aeronave. São eles o ESP, o USP e o LVL.

Piper PA-46-600 TP Malibu M600

Esta versão recebeu o mesmo motor um PT6A-42, porém mais potente. O Pratt & Whitney PT6A, com 600 shp. Ela é capaz de decolar com o tanque cheio, um piloto e quatro passageiros adultos, ao nível do mar, mesmo em clima quente.

Nesse modelo, o sistema de pressurização é totalmente automático, assumindo o controle da navegação, baixando a altitude do cruzeiro.

 

Resumo Técnico

 

ENTRE EM CONTATO CONOSCO
SOLICITE SUA COTAÇÃO

 

Fale com a Chamone Aviação

Você deseja receber o contato de um especialista?

Quer tirar dúvidas sobre o nosso atendimento, conhecer melhor nosso corpo técnico ou saber mais sobre uma aeronave? Temos um especialista a disposição.